quinta-feira, junho 28, 2012

677 - Portugal / España


PACO: Saludos José, fue una pena no ha tenido éxito. Una vez mas " la suerte-maldita" en su contra, Deseo una vez mais defrontasses y vingasses Alemania e y todo lo que la señora Merkel le ha hecho.


ZÉ: Obrigado, Paco. Foi um feito excecpcional. Mais uma vitória moral no nosso historial.
Também tivemos dez milhões (menos alguns...) a correr pela Selecção. Selecção Nossa, Bendita Seja que quase conseguimos. Precisavamos mesmo da vitoria pois estamos numa situação muito critica. Muito contentes devem estar os Principes das
 Asturias e também  Dom Juan Carlos. Mas vosso Rei sempre se diverte com a caça. Aos elefantes e às "chicas-guapas"...

PACO: José, no tiene mucha autoridad para criticar al Rey ya su presidente en el Palacio de Belém tiene costos mucho más altos que en nuestro Palácio Real. Y aún ahora, en Europeu, es una selección de um país como Portugal, darse el lujo de instalar el hotel mais caro del Europeu, la grande distancia de los restantes. No es ejemplar?


ZÉ: Por aqui, necessitávamos muito disto, meu caro Paco. Queríamos esquecer as tropelias a que somos sujeitos diáriamente, colocamos bandeiras por tudo o que é sítio, cantamos o Fado (agora canção distinguida como património) e vamos a Fátima agradecer à Virgem estas vitórias (morais é certo) e também a derrota dos terríveis russos. Mas a vida continua, caro Paco e em Setembro lá voltamos à preparação para o Mundial. Alguma vez será, meu amigo. E só com esta Bendita Selecção (que a Virgem a proteja) conseguiremos ânimo para vencer a crise e ver a luz ao fundo do túnel.
Agora vou aproveitar o tempo quente, sigo para a praia e "trabalho para o bronze". Essa treta do cancro da pele, é só para tótós...
Até à vista, Paco. E se jogares com a Alemanha, faz o favor de dares uma banhada à dupla Merkehollande. Já ficava mais alegre.

Nota à margem: o meu catelhano não acompanha o do Paco. Por isso recorri um pouco ao Google Tradutor. Mas parece-me que essa ferramenta não é de fiar inteiramente. Mas acho que perceberam tudo.

Etiquetas: , ,

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial