sexta-feira, junho 22, 2012

676 - Portugal a sorrir...


Cartoon de Henrique Monteiro

Finalmente rendo-me. Eu e mais dez milhões de portugueses (talvez, menos meia-dúzia) delirámos com a vitória da selecção (leia-se D. Ronaldo & Cª).
E antes de continuar devo confessar que tinha os checos atravessados na garganta desde o tempo em que tive um Skoda (made in checoslováquia) que só me deu arrelias e despesas sem fim. Até que me desfiz dele.

Mas agora, importante, muito importante, é que derrotámos (nós não, mas sim D. Ronaldo & Cª) a República Checa. E com esta vitória brilhante e absolutamente indispensável, dez milhões de portugueses (talvez, menos meia-dúzia) ficaram a ganhar. Para já, e pessoalmente, acredito que os Senhores Pedro e Vitor me vão pagar o subsídio de férias que tinham prometido retirar. E com um bocadinho de sorte e mais uma vitória de Portugal (leia-se D.Ronaldo & Cª) ainda me pagam o subsídio de Natal.
Foi para levantar o Moral da Nação que estes bravos seguiram para terras de leste.
Dez milhões (menos alguns) por UM, UM por dez milhões (menos alguns) a mostrar que não somos lorpas nem preguiçosos, como os outros povos...

Vamos regressar em força ao mar que nunca devíamos ter abandonado. As terras incultas voltarão a ser cultivadas. Importações a descer e as exportações a subir em flecha. Com a vitória de Portugal (leia-se D. Ronaldo & Cª) o SNS já não corre perigo e as taxas moderadoras baixarão para níveis nunca vistos. O desemprego, flagelo nacional, baixará para uns escassos 3% e apenas porque ainda há gente que não quer trabalhar. Na justiça veremos finalmente terminados os casos que se arrastam anos e anos até à prescrição final. Quem for culpado, pagará por isso. Oa injustamente acusados serão reabilitados. Portugal, no contexto das Nações e graças à nossa Selecção (leia-se, D. Ronaldo & Cª) será considerado um estado exemplar, trabalhador e honesto. Corrupção é coisa do passado. A Cultura, a Educação e a Ciência terão os maiores orçamentos de sempre e merecerão a atenção de todos os governantes (até é possivel que um senhor importante leia um bom romance e deixe de lado os livros chatos de economia...). O nível de analfabetismo será o mais baixo de sempre. Um ou outro ainda apreciará uma novela TVI, mas serão excepção.
Jovens licenciados encontrarão o emprego com que sonharam e para que se prepararam. Acaba a Geração à rasca.
Os antigos Mega estádios de província  - feitos para um futebol de outrora - vão encher-se de jovens que praticarão todas as modalidades desportivas. Todo um país se modificará, para melhor, graças ao pundonor de uma Selecção de Futebol (leia-se, D. Ronaldo & Cª) que trouxe ao de cima o melhor que este país tem.
(E talvez, voltando a haver SCUTS sem pagamento, todos passearemos, orgulhosos, de Audi A8, Porches, Mazerattis, Lamborgins, Jaguares e Ferraris...)
Vendo a luz ao fundo do túnel e o fim do pesadelo tão perto, o mais certo é a Querida Troika, em reconhecimento do feito de Portugal (leia-se D. Ronaldo & Cª) entregar o resto do empréstimo antes de tempo, perdoar os juros e, quem sabe, o total da dívida. Para isso é preciso um pequeno esforço da nossa parte: continuar a gritar Viva Portugal (ou D. Ronaldo & Cª) e vencer a final em 1 de Julho.
Das Tvs vamos ter uma ajuda: o filme Corre Portugal, passado três vezes em cada intervalo, vai passar a estar em permanência, ao canto do ecran.

Finalmente, Sexa, o Sr. Silva, até pode calmamente reformar-se (o que fez e o que deixou por fazer em Belém não contou para nada) Assim pode juntar mais uns trocas às várias reformas e já não se queixa de ganhar pouco. Sería a cereja em cima do bolo!

Etiquetas:

2 Comentários:

Às sexta-feira, 22 junho, 2012 , Blogger greentea disse...

adorei esta crónica futebolistica, que é o q está a dar neste país!!
nas horas do jogo não se vê vivalma nas ruas , talvez un ou outro duende mas nãp tem expressão!!

 
Às domingo, 24 junho, 2012 , Blogger M. disse...

Isso é que é ironia! Adorei!

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial