sexta-feira, novembro 04, 2011

613 - Sensibilidade e bom senso




O
AVISO
O texto que se segue pode conter frases ou ideias susceptíveis de ferir a sensibilidade dos leitores (mais, as leitoras...)

Não sou fumador. Já fui. Comecei com nove anos (brincadeiras do 1º ano do Ciclo), voltei a fumar um ou outro cigarro na adolescência ( dava "classe") e fiquei por aí. Portanto sou muito suspeito a escrever isto. Não sou fundamentalista, nem acho que beijar uma mulher que fume (beijar é sempre bom) seja o mesmo "que lamber um cinzeiro" (cito, Macário Correia). Mas o fumo (dos outros) incomoda-me. É verdade que agora corro menos riscos pois é proibido fumar em locais fechados.
(no entanto, a minha doutora, delicadamente pede-me licença para fumar e eu acedo).
A propósito do autarca acima, lembro-me de uma situação caricata. Em serviços públicos (finanças, centros de saúde, etc) é proibido fumar. Mas é permitido que os fumadores abandonem os postos de trabalho - e não é raro - para irem fumar à rua. E os utentes esperam, esperam...
Detesto o PROIBIR. Gosto mais de EDUCAR. E se em vez do senhor de Mondim tomar medidas extremas, (se calhar também lambe cinzeiros...) devesse tentar o diálogo com os fumadores, e chegar a um consenso acerca do assunto?

Absurdo, para mim, é colocarem nos maços de tabaco, aqueles palavrões de Mata / Esfola (e já pensam em colocar esqueletos). Se o tabaco mata, devia ser proibida a venda. Ou então vendê-lo contra uma "licença de porte de arma". Pois de uma arma mortal se trata.

Mas, e aqui a economia manda muito, o tabaco dá ao Estado uma receita brutal. E as grandes tabaqueiras são lobies poderosos. Portanto, valha-nos o bom senso. Fume quem quizer, por sua conta e risco. Desde que não atire o fumo para cima de mim...

Etiquetas:

2 Comentários:

Às sábado, 05 novembro, 2011 , Blogger Lucia Luz disse...

Meu amigo Zé

Também não gosto de fumaça em cima de mim.
Mas não ligo que fumem aonde estou.
O alerta quanto aos males do fumo é necessário, mas as imagens as vezes são terríveis.
Bom sábado
Um abraço

Lucia

 
Às domingo, 06 novembro, 2011 , Blogger Justine disse...

É a hipocrisia instituída, Viajante!
Mas é preciso desmascará-la, e tu fá-lo bem!

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial