terça-feira, novembro 01, 2011

612 - Todos os Santos, Pão-por-Deus e etc.



Começando pela tradição, acho que me estou a portal mal. Nunca me lembro deste pormenor, batem à porta, «pão-por-deus, por favor»

(expliquem-me: é o mesmo que «doçura ou travessura» do Halloween ?)

e digo que não há. Mas, sessenta anos atràs (e mais tarde com os filhos) era bom encher os sacos (que a mãe preparava com todo o amor) com figos, nozes, castanhas, rebuçados. E havia também o saquinho mais pequeno das moedas. Nalgumas alturas era necessário ir a casa despejar a saca grande e voltar aos pedidos «pão-por-deus»... Tempos de fartura...
Agora, tempos modernos (e de crise) não me parece que as crianças tenham tanta sorte. Mas mereciam, como eu na altura.



Dia de Todos-os-Santos. São tantos, acho eu, que enchia páginas e páginas...Mas vai sendo altura de santificar mais alguns, os modernos.
Santo Aníbal (C.S. para os mais distraídos), Santo Sócrates, S. Durão (ou Santo Durão), Santo Isaltino (uma estátua, já), São Duarte L., Santa Fátima, Santo Avelino, Santo Oliveira C. e, nunca mais acabava a Santidade.
Se calhar, Santo António e S. Francisco de Assis (o dos animais, não o outro...) ficavam envergonhados pelas novas companhias. Mas Santos assim, iremos ter muitos nos tempos mais próximos.

Etiquetas:

4 Comentários:

Às terça-feira, 01 novembro, 2011 , Blogger Justine disse...

Lindo, o teu saco do "Pão por Deus"! Aqui na aldeia é o "bolinho", e hoje tive a visita de vários grupos de crianças, com os seus saquinhos de pano, a gritarem à entrada do jardim:"Oh tia dá bolinho?". É uma tradição que ainda se mantém viva neste rés da serra:)))

 
Às terça-feira, 01 novembro, 2011 , Anonymous Anónimo disse...

:)


Zé-Viajante

 
Às quarta-feira, 02 novembro, 2011 , Blogger Lucia Luz disse...

Zé Viajante

Aqui no Brasil não temos essa tradição.
Quanto aos Santos, aqui também há os" santos do pau oco" na política.
Obrigada pela retribuição da visita
Um beijinho

Lucia

 
Às terça-feira, 08 novembro, 2011 , Blogger bettips disse...

Com as medidas anunciadas aos gritos, ainda nos calha a nós bordar um saco e ir pedir... às casas dos governantes.
(quanto ao "tabaco"... todos os males fossem esses, Zé, no meio de tantos!).
Abçs

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial