quinta-feira, julho 14, 2011

585 - A Minha Coluna

Portugal, o lixo e o luxo.

1 - Numa artéria do bairro, as pedras da calçada andam soltas. E há pessoas mais distraídas do que outras. Por vezes acontecem quedas. Algumas violentas. A Junta de Freguesia devia estar atenta a estas situações. Não está.
Isto não é lixo. É desleixo.

 
2 - Num hospital de grande dimensão, um cidadão é atendido nas urgências. Vítima de uma queda violenta numa calçada com pedras soltas. É feito um RX, há uma consulta por um ortopedista. É mandado para casa. «Nada de grave, apenas descanso». Quase trinta dias depois as dores continuam. Devido às queixas, foram feitos outros exames. E há uma suspeita (por enquanto, só suspeita) de uma rotura. Que uma TAC confirmará, ou não. A actuação do pessoal do grande hospital parece negligente.
Isto não é lixo. Mas parece.

3 - Uma empresa de serviços municipalizados procede à reparação de uma rotura de água. Em tempo razoável (caso contrário, o prejuízo era enorme). Tapou, com terra, o buraco que abriu. Deixou "ao deus-dará" as pedras da calçada. Estiveram mais de um mês (um mês tem trinta dias, ou mais um) à mercê de pontapés e a prejudicar quem passava. Depois de mais um tempito (com montes de reclamações pelo meio) foram colocadas no seu sítio.
PS: nova situação se repetiu no final de Junho. As pedras ainda andam por aí a passear...
Isto não é lixo. É falta de decência



 
4 - Quatro administradores de uma Empresa participada pelo Estado, gastaram (consta) em dois anos, os quilómetros "particulares"(?) que lhes estavam destinados para quatro anos. Nada acontecerá, pelos vistos, pois os Administradores não são funcionários da Empresa. Têm outro Estatuto. E que Estatuto. A outro nível, carros de empresas municipalizadas são utilizados para ir à praia, ou às compras ao super do bairro...
Isto não é lixo. É luxo.

5 - As famigeradas empresas de "rating" andam a fazer o jogo dos poderosos. E consideram Portugal, lixo.
Portugal não é Lixo. Mas há imensa gente a querer que pareça.

Etiquetas: ,

4 Comentários:

Às quinta-feira, 14 julho, 2011 , Blogger Justine disse...

Tens toda a razão, Viajante, neste teu texto exemplar!
O lixo, de facto, são eles com a sua arrogância, canalhices, e falta de horadez...

 
Às quinta-feira, 14 julho, 2011 , Blogger A. João Soares disse...

Lixo e luxo e, em prejuízo do português pagante. No Egipto e na Tunísia, o povo mostrou que não gosta do luxo nem do lixo.
E nós? Estaremos dispostos a pagar cada vez mais para esses tipos gozarem bem a vida? Mais de um quinto do nosso salário vai para o IVA. Depois há o IUC, o IMI, o IRS, há o condomínio ou a renda de casa, há saúde, o ensino dos filhos. Quanto nos resta para comer e vestir???
Mas continuamos a votar!!!

 
Às quinta-feira, 14 julho, 2011 , Anonymous Anónimo disse...

Na "mouche" Zé! Haja clarividência para ver e sensatez para julgar.
Abç da bettips

 
Às sexta-feira, 15 julho, 2011 , Blogger viajante disse...

Para AJS:
Continuaremos a votar. Não abdico desse direito. Já bastaram os anos em que o voto era "na Sagrada Família do Senhor de Santa Comba".
Temos feito más escolhas? Acredito. Mas temos alternativas. No passado nunca as tivemos.
Um abraço.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial