quarta-feira, abril 13, 2011

542 - SIMÃO (RECORDAÇÕES...)





Estou desolado. Isto não se faz a uma criatura como eu.
Ontem, bem cedo, fui passear como de costume e, para minha surpresa, entrámos numa casa esquisita. O meu dono " pirou-se " , deixou-me ao cuidado de uma gentil menina, que sem mais delongas me fechou numa jaula. Senti-me ultrajado porque nem julgamento houve. Passado um tempo - não tenho relógio, como sabem - lá me libertaram. E trataram de me retirar o meu rico " casaco " de que eu tanto gostava. Depois deram-me banho, andaram com uma coisa ruidosa e quente à minha volta e no fim, jaula outra vez. Nem me lembro se almocei de tão triste que estava. Passado mais um longo tempo, lá apareceu o meu dono - pagou uma fiança, acho eu, porque o vi com notas - e libertaram-me finalmente. Não sei qual foi o meu crime mas tenciono protestar por tudo o que aconteceu.

Eles acham que eu estou mais bonito, mais asseado, mas o meu rico " casaquinho " ficou lá e está um frio de rachar. De qualquer modo fiz prometer ao meu dono que não me levasse mais àquele horrível lugar. Ele disse que sim. Se não cumprir, mordo-lhe as canelas e tudo o que estiver ao pé.
Agora estou mais calmo. Daqui a pouco vou passear outra vez. Quando chegar a casa tenho o meu cantinho aquecido e vou tentar esquecer este ultraje.

Tenham todos um Bom Natal, com toda a Paz possivel, e muito, muito Amor.


Simão


P.S. Detesto fotografias. Se não estivesse preso com aquela trela, ele não me fazia isto.

Publicado em 22 de Dezembro de 2006. Homenagem ao meu Amigo ausente.

Etiquetas: ,

2 Comentários:

Às quarta-feira, 13 abril, 2011 , Blogger bettips disse...

"Eles" ficam TANTO nas nossas lembranças!
Bem sei...
Abç

 
Às quinta-feira, 14 abril, 2011 , Blogger Justine disse...

"Morremos" de saudades pelos nossos animais, não é? Ficam as fotos, para os recordarmos...

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial