sábado, maio 12, 2007

Carta-apelo

Caro Zé. Não o conheço pessoalmente ( e penso que nem quero ). De si, disseram-me que tem um bom coração e que é amigo dos seus amigos. E eu acredito. Também me contaram que é uma pessoa humilde e que não gosta de dar nas vistas. Nunca apareceu em capas de revistas, nunca foi ao Big Brother, nunca visitou amigas na cadeia (por suspeita de assassinato), nunca foi a um circo e nem gosta de cantar. E também nunca foi interceptado na Alfândega por posse de suspeitas joias. Disseram-me também que o seu nome tem a ver com certa alva cor e faz lembrar torres de menagem e uma cidade beirã.
Se lhe envio esta missiva é apenas para lhe contar uma pequena estória. Um destes dias, por um acaso infeliz, fui abordado por um certo animal, que me confundiu com outra pessoa. Tive a sorte de me terem libertado a tempo de um ataque à minha integridade. O animalzinho, que de pé é mais alto do que eu, queria "brincadeira". Fiquei com a sensação de que aquela atitude era habitual nele, com alguém que não conheço.
E, caro Zé, apenas lhe peço, com todo o respeito, que ensine boas maneiras ao seu cãozinho e diga-lhe para não fazer na rua o que parece ser prática habitual entre muros.
Apresento-lhe os meus respeitosos cumprimentos.

5 Comentários:

Às segunda-feira, 14 maio, 2007 , Blogger Paula Raposo disse...

Gostei verdadeiramente de te ler!! Beijinhos.

 
Às segunda-feira, 14 maio, 2007 , Blogger greentea disse...

com respeitosos cumprimentos venho perguntar se ainda existe o sintranegativo?

É que ontem , com uma amigdalite e mau estar intensos , fui à urgencia do Posto Médico de Sintra.
Só abre às des horas e tive de fazer tempo, qd voltei muita gente para as consultas e tive de aguardar. Enquanto esperava , senti-me mal e precisei de ir aos WC.
Fui até ao fim do corredor e efectivamente vi uma placa assinalando WC e as habituais figuras masculina/feminina. Supuz (devia ser da febre alta !) que aquela porta única seria a entrada para as outras entradas onde os WC se separam para damas e cavalheiros...

Que ideia louca a minha!
No Centro de Saúde de Sintra existe uma casa de banho única para utentes dos dois sexos, velhos e novos, crianças e adultos.
Talvez a NOssa Senhora de Fátima interceda neste campo, já que durante a longa espera fomos "massacrados" com a Procissão das Velas e as Ladainhas todas de Fátima em altos gritos.

Nota positiva : fui bem atendida pela médica de serviço, embora gastasse depois 43 € na Farmácia, eu disse quarenta e três euros, em medicamentos não comparticipados.
Afinal , descontamos para a Segurança Social para quê??????????????? e eu que só tinha uma amigdalitezinha ....

 
Às segunda-feira, 14 maio, 2007 , Blogger viajante disse...

Ainda existe(infelizmente) o Sintra em Negativo.
O Centro em questão é perto da Estação não é? Com entrada pela Av. Miguel Bombarda ou Rua Dr. Alfredo da Costa.
A casa de banho ou WC nunca utilizei. Os serviços, muitas vezes.Há reparos a fazer como em todos os lados.Os médicos que me têm atendido são bons. Quanto aos medicamentos não posso comentar mas também acho que os Não Comparticipados já são excessivos.
O próximo post è SINTRA EM NEGATIVO mas não tem a ver com saúde.

 
Às quarta-feira, 16 maio, 2007 , Blogger viajante disse...

A palavra estória, no texto do post, não é a mais adequada. Agradeço à Dulce - Além de Mim - a rectificação. E assim:
Onde se lê ESTÓRIA deverá ler-se HISTÓRIA.

 
Às quarta-feira, 16 maio, 2007 , Anonymous Anónimo disse...

PONTO FINAL
DEVIDO A VÁRIOS EQUÍVOCOS E INTERROGAÇÕES, ESCLARECE-SE QUE A CARTA-APELO É DIRIGIDA A UM ZÉ(ESTÁ NAS ENTRELINHAS)E NÃO AO ZÉ-TRANSATLÂNTICO QUE É O AUTOR E NÃO O RECEPTOR

ZÉ - TRANSATLÂNTICO
(Deste local não é permitida a indicação do blog. Por isso, "anónimo" )

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial