sexta-feira, março 16, 2007

16 de Março

Faz agora 33 anos. Numa manhã de Sábado, algo ensombrado, fiz o meu baptismo de voo. Numa companhia já inexistente, Pan American. Rumo a Barcelona em voo directo. Em Lisboa tudo normal. Em Barcelona um tempo bastante quente, natural naquela região. Fui a uma Feira de Embalagens com dois dias livres para passeio.
Domingo de manhã, na rua, ao olhar para os jornais, que se amontoavam nos quiosques, a Noticia que me atordoou. Golpe de Estado em Portugal. Levantamento a partir das Caldas, que não resultou naquele dia mas que foi o ensaio para o mês seguinte. Abril 25. E a partir daí a Liberdade.
No regresso, num voo da TAP, sabendo da sanha persecutória de uns senhores da DGS, não tive coragem de trazer para o controle, os jornais que comprara em Barcelona. E os de cá, como devem calcular tinham demasiado" lápis azul ".
Obrigado aos bravos que ensaiaram aquele levantamento.

3 Comentários:

Às sábado, 17 março, 2007 , Blogger pedro macieira disse...

O 16 de Março serviu de facto como ensaio para o 25 de Abril, a forma como correu aquela saída das Caldas da Rainha, fez o regime de então pensar que os militares do nunca seriam capazes de mudar o rumo às coisas...o que permitiu que um mês depois a queda do regime sem haver grande reacção das forças que estavam do lado de Marcelo Caetano.

 
Às sábado, 17 março, 2007 , Blogger dulce disse...

Foi o pontapé de saída, ou o ensaio geral ... como lhe queiras chamar.
O melhor veio depois!
Beijinhos

 
Às domingo, 18 março, 2007 , Blogger Paula Raposo disse...

Gostei de te ler! Beijos.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial