sábado, março 10, 2007

Indignação I
















Estou desolado e bastante dorido. É verdade que por vezes sou refilão, mas cão que ladra não morde.
Ontem, depois das minhas necessidades, que já nem me lembro se fiz, fui bárbaramente atacado por dois brutamontes. Não sei o nome deles nem sequer a raça - mas são de má raça, são. Sei que são pretos, enormes e em segundos levaram-me vários pedaços de carne. Em estado de choque lá me levaram para casa. Parecia apenas necessária uma limpeza do pelo com água oxigenada ou coisa assim. Mas o panorama, disseram-me, era aterrador.
Levaram-me de urgência para uma casa onde já estivera e não gostara. Daquela vez por causa de uma carecada. Agora tudo foi diferente. Trataram-me impecávelmente, apesar de eu refilar e espernear. Levei bastantes pontos e saí de lá meio zonzo. Voltei lá hoje para mudar o penso. Desta vez não acompanhei, como ontem, o meu dono a uma esquadra onde ele foi apresentar queixa. Espreitei também, no PC, porque ele não me levou lá, o local onde habitam as feras.
Amanhã, mais uma sessão de tratamento. Vou mudar os pensos e ver se estou melhor. A conta não é comigo, mas o meu dono que resolva.

Estou triste. Tenho à volta do pescoço um colar que me incomoda bastante. E, calculem, desço as escadas lindamente, mas não as consigo subir. Com este objecto tropeço em todo o lado. Tenho a sorte de me levarem ao colo.

Vou dormir. Estou muito cansado e indignado. Isto não se faz a uma criatura como eu.

Uma lambidela chorosa para todos.
Simão

10 Comentários:

Às sábado, 10 março, 2007 , Blogger greentea disse...

coitadinho do Simão!!!Como é que isso foi possivel ? Ous outros estão dentro de portões e atacam assim e arracam nacos de carne ??
Detesto lutas de cães e selvajarias e cães desses instigados a atacar outros indefesos. Deve estar cheio de dores e chateadissimo com esse colar, sei como deves detestar , Simão mas tens de ter paciencia para não coçares as feridas nem arrancares esses pensos.
O meu Willy manda-te lambidelas para te ajudar a curar as feridas e vai sonhar contigo para te mandar boas energias e tudo passe o mais rápido possivel.
E eu mando tb muitos mimos para o Simão.
Um abraço para ti .

Já agora , na esquadra fazem o quê?
E quem paga a conta e o incómodo e tudo o resto?

 
Às sábado, 10 março, 2007 , Blogger Leticia Gabian disse...

Ó, dó!
Pobre Simão!
Quanta maldade também no mundo dos cães, não é? (pensei só existir no mundo dos homens).
Ah....logo estarás em forma, vais ver. Afinal, tens um dono cuidadoso, dedicado e amoroso.

Beijinhos no focinho

 
Às domingo, 11 março, 2007 , Blogger viajante disse...

O Simão " esqueceu-se " de informar que a agressão foi quase ao pé da porta de casa. Porque motivo os cães andavam soltos, não sabemos. Mas vamos fazer tudo o que fôr possivel para que isto não fique por aqui. A foto deles foi tirada quando descobri onde moram. Mas ainda não consegui falar com os donos. A queixa está feita.
O pior de tudo é o Simão estar como está.A ambas, obg pelo cuidado.

 
Às domingo, 11 março, 2007 , Blogger Jonice disse...

Um beijinho para o Simão para que fique logo bom e serelepe.

 
Às domingo, 11 março, 2007 , Blogger viajante disse...

Jonice: aqui são três e tal da madrugada. Tenho o olho meio fechado. Mas explique:
Serelepe? É expressão de Curitiba?

 
Às domingo, 11 março, 2007 , Blogger pedro macieira disse...

Pois, o o Simão teve o azar de encontrar no seu caminho dois "companheiros" que de amigos não tinham nada...espero que ele se restabeleça rápidamente e que não fique com problemas futuros por causa deste acidente.

 
Às domingo, 11 março, 2007 , Blogger Jonice disse...

Serelepe é expressão do Brasil que significa brincalhão, lépido e faceiro.

 
Às domingo, 11 março, 2007 , Blogger viajante disse...

Obrigado Jonice pela explicação.

Em relação às fotos que publiquei como sendo dos cães agressores, informaram-me que estou "enganado". "Porque alí em 3 quintas juntas há muitos cães pretos iguais" . Como não tenho provas de que sejam efectivamente Aqueles, fico na dúvida e retiro a informação. São daquelas quintas, são ferozes e lamento que estas situações fiquem impunes. E com o risco de voltar a acontecer e até com crianças que brincam na Correnteza.

 
Às domingo, 11 março, 2007 , Blogger Paula Raposo disse...

Coitado do Simão! Vai passar um mau bocado com esse apêndice a impedir a visão correcta e a atrapalhar a vida dum bom cãozinho. As melhoras Simão. Vai passar rápido.

 
Às segunda-feira, 12 março, 2007 , Blogger M. disse...

Gostei da homenagem ao Simão... ;-)

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial