quarta-feira, abril 27, 2011

556 - AINDA O AMOR...


Do livro " Que é o Amor ? " retirei quatro textos, que aqui transcrevi.
Na altura, distraído como sempre, não acompanhei o desafio. Podería ter mandado algo ? Talvez. Mas se calhar não cabia na pequena folha que nos destinavam...


Invisual

Meu amor, guia-me, leva-me a Ver o Tejo, num velho cacilheiro. Já lhe sinto o cheiro, nesta mistura de mar e rio. É bom o vento que me acaricia a face, do mesmo modo que é bom sentir a tua mão na minha.
Guia-me, meu amor, até ao Jardim Botânico. Quero Ver tudo. Por teu intermédio. Quero cheirar as flores, as árvores, a terra húmida ( será que choveu ? ).
Guia-me até ao cinema. Quero Ver tudo. Aquele terno e brutal filme que vou sentindo, sobre uma pugilista, o seu mestre e o seu sonho. ( Vejo que choras, meu amor. Os meus olhos, baços, não deitam lágrimas mas também choram. Cá dentro ).
Guia-me até ao Parque da Cidade. Quero Ver tudo. Já oiço e sinto o chilrear dos pássaros. O latir dos cães que brincam com as crianças. As conversas dos reformados que vão jogando as cartas. A água que jorra daquela cascata.


...


Meu amor, deixa que eu te guie. Quero que sintas o meu corpo, como eu sinto o teu. Deixa que eu te guie, conduza teus olhos para me veres por dentro. Encaminha tua boca até à minha. Deixa que eu te guie, meu amor. Para que sintas toda a ternura que tenho por ti.
Deixa que guie os teus cabelos e com eles cubras meu rosto, meu peito. Deixa que guie a tua mão até que se funda com a minha e sejam só uma. Deixa-me guiar-te. Até completar o Amor.

Etiquetas:

1 Comentários:

Às quinta-feira, 28 abril, 2011 , Blogger viajante disse...

Há três, quatro anos atrás, este post teve onze comentários.
Agora, sinal dos tempos ( e dos desencantos ) terá apenas este.
Não é a "crise" mas o FMI (Falta Mais Interligação...)

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial