domingo, abril 24, 2011

553 - PÁSCOA

Folar de pastelaria
A Páscoa sempre foi importante para mim. Mais do que o Natal. Foi num Domingo de Páscoa que a nossa menina foi baptizada de um modo muito especial. Completamente imersa num tanque, ela recebeu de Deus todas as bênçãos. Que ainda hoje se mantêm. Gastronomicamente falando é o folar a minha referência. Recordo as vezes que ia de comboio a Lisboa, a uma rua da Baixa (Prata ? Augusta ?) com uma oficina de sapateiro num vão de escada. Era lá que o estafeta (recoveiro, no Norte) deixava as encomendas que vinham do Alentejo. E a minha avó Maria nunca se esquecia de enviar na Páscoa três folares ( para além de outras iguarias ). Um com dois ovos para os meus pais e dois, com um ovo cada, para mim e minha irmã. Uma autêntica delícia. Feitos pela minha avó, com um sabor muito diferente dos folares da pastelaria. As saudades que eu tenho desses folares e da Avó Maria.


Para todos vós, os que visitam e comentam, os que visitam e não comentam ( se calhar com razão... ) os meus votos de uma SANTA PÁSCOA.




Etiquetas: ,

2 Comentários:

Às domingo, 24 abril, 2011 , Anonymous Anónimo disse...

Que saudades dos folares da minha mãe,cozinhados no forno de lenha, no campo, o do meu pai enorme com dois ovos, o da minha mae, irmã e o meu mais pequenos só com um ovo e alguns mais pequeninos ainda para oferecer alguns nem tinham direito a ovo :)))uma delicia guardada dentro de uma caixa, tipo baú enrolados em alvos panos até ao dia de Páscoa! Muito bom recordar esses tempos e compartilhar, Pascoa Feliz José e Familia.

 
Às domingo, 24 abril, 2011 , Blogger Justine disse...

É bom recordar, Viajante. E as tuas recordações são belas.
Um bom domingo de Passagem, cheio de folares e coisas boas:)))

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial