terça-feira, novembro 21, 2006

Jorros de água







6 Comentários:

Às terça-feira, 21 novembro, 2006 , Blogger Leticia Gabian disse...

Zé,
Coincidências demais - é o quinto post que visito em que o assunto versa sobre água. Cada um deles com suas imagens exuberantes e textos belíssimos.
Aqui a água parece ser de prata. Um presente! Adorei!
beijão.

 
Às quarta-feira, 22 novembro, 2006 , Blogger pitanga disse...

É lindo, mas estranho! Não parece um chafariz, nem uma fonte, nem nada que eu já tenha visto. É um novo estilo.

abraços

 
Às quarta-feira, 22 novembro, 2006 , Blogger viajante disse...

É uma rotunda - horrorosa, por sinal - que só consegue ter alguma graça quando a água está aberta. E aí... é tentar olhar.

 
Às quarta-feira, 22 novembro, 2006 , Blogger Ana Patudos disse...

Que sequência fantástica!
Gostei mesmo.
beijos patudos
Ana Paula

 
Às sexta-feira, 24 novembro, 2006 , Blogger greentea disse...

é verdade, a rotunda é horrorosa mas o repuxo é bonito! mais ainda qd está iluminado

 
Às sexta-feira, 24 novembro, 2006 , Blogger aldina disse...

A beleza da água será sempre um universo por desvendar, sabendo que quer o mistério da beleza quer da água jamais serão inteiramente revelados.

Até sempre!

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial