terça-feira, julho 15, 2008

Bailarina


Chama-se Bailarina e faz parte das esculturas de Arte Pública V, em exposição na Volta do Duche em Sintra. Vai ter lugar de destaque numa próxima oportunidade. Acontece que uma misteriosa doença mandou a máquina de fotos para o hospital Olympus City. Se recuperar, após delicada operação, voltará para "olhar" a Bailarina em todos os seus movimentos. Até lá deverão aparecer outras coisas, escritas ou não, porque o Transatlântico não vai parar. Um dia chegará a outro continente.

5 Comentários:

Às quarta-feira, 16 julho, 2008 , Blogger Maria P. disse...

E a Bailarina merece mais olhares.

Bjs.

 
Às quarta-feira, 16 julho, 2008 , Blogger Leonor disse...

pois é.
as curvas para a direita e para a esquerda assustam um bocado.
nao sei se sabes mas foi ca um trambolhao, ze.
fiquei toda amolgada.
ja passou. fiquei com pena.
beijinhos

 
Às quarta-feira, 16 julho, 2008 , Blogger TMara disse...

fico a aguardar os restantes movimentos que hoje não ficaram registados e devem ser belos e graciosos.
________________________________________-
___-_--sobre a questão do nuclear sou totalmente contra e já escrevi páginas e páginas. lá teremos k voltar ao tema e em força.
bjs
Luz e paz

 
Às sábado, 19 julho, 2008 , Blogger Paula Raposo disse...

Bela a escultura!! Beijos

 
Às domingo, 20 julho, 2008 , Blogger M. disse...

Que bonita que é esta escultura! Desejo as melhoras da tua máquina. Que seria de nós sem estas clínicas tecnológicas?

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial