quarta-feira, agosto 08, 2007

Verão

Este sou eu. Prazer em conhecer-vos.

Desço, não desço ?

Aquela cadelinha, do outro lado da rua, é minha conhecida.

Turistas e mais turistas.

Estas, quando passaram, fizeram-me uma festa. Que bom !


As saudades que eu tinha de vir aqui. Mas por mais que eu peça, insista, dê dentadinhas de amigo, só de vez em quando me deixam cá entrar. Ou melhor, ele me deixa cá entrar.
Passo a vida a passeá-lo por esta Vila, tenho paciência canina para ficar à espera que ele tire as fotos que quer, não o deixo ficar mal nas minhas traquinices e mesmo assim não me dá a atenção que eu acho merecer.
Desta vez andava ele à procura de um escultor que estava no catálogo e deu duas voltas à Volta do Duche. Muito me diverti. E para cúmulo deu por falta não de um, mas de três escultores. E o mistério continua até que ele tenha as respostas às questões que colocou a quem de direito (é tão gira esta expressão).
Fui passear até um Monte - está lá escrito Escadinhas do Monte Estefânea - mas afinal não vi nada. O muro é muito alto para mim, ele não me pegou ao colo e assim fiquei sem admirar a paisagem. Que é bonita, calculo, pela quantidade de fotos que ele tirou. Do outro lado há, e ele vai mostrar concerteza, uma estação de comboios. Moderna ou modernaça consoante a sensibilidade. Mas que serve para comparar com uma estação antiga, muito antiga e que era muito bonita.
Voltando à Volta do Duche - já me fez sinal para eu terminar - é uma maravilha passear por aqueles lados. Só não percebo é que quando passo junto a uma (famosa) casa de queijadas, eu que me chamo Simão não tenho direito a umas quantas. É que já espreitei por aí e há um Simão da Annnna e os Sete que tem direito a elas. Mistérios...
Simão

6 Comentários:

Às quarta-feira, 08 agosto, 2007 , Blogger Pitanga disse...

Este Simão andava sumido. Ou era o dono dele?

abraços

 
Às quarta-feira, 08 agosto, 2007 , Blogger bettips disse...

Gosto em te reconhecer, "simas"! Certo que se passasse eu, e com esse teu ar expectante, te faria a tal festinha. Muito te deves rir à volta do "Duche" quando o teu amigo procura pedras, azulejos e afins! Tem paciência...a gente gosta!

 
Às quarta-feira, 08 agosto, 2007 , Blogger Ana Patudos disse...

Este escrito "do Simão" é uma delícia.
beijinhos para ele
Ana Paula

 
Às quinta-feira, 09 agosto, 2007 , Blogger Leticia Gabian disse...

Esse Simão é um sapeca de primeira!
Muito safadinho.
Beijocas pra ele e beijão pro dono

 
Às quinta-feira, 09 agosto, 2007 , Blogger pedro macieira disse...

Grande intervenção do Simão, no Trans-atlântico.
Um abraço

 
Às domingo, 12 agosto, 2007 , Blogger leonoreta disse...

é lindo esse caozinho e parece falar connosco.
trata-o bem.
a minha bicicleta tem andado. no proximo sabado saberás, rsss
beijinhos

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial