segunda-feira, agosto 06, 2007

Nascido a 6 de Agosto

Uma flor a recordar os mortos de 6 de Agosto de 1945

" Sou americano. Nasci em 45 , numa cidade pequena de um estado rural. Naquela época o meu país estava em guerra. Uma guerra longíqua contra um país de gente esquisita. E que não devia valer muito. Foi nessa época que os governantes do meu país, cientes de que o nosso Bem estava acima de tudo, decidiram lançar uma bomba ( atómica, parece-me ) por cima daquela gente. E, calculo eu, lá tinham as suas razões. Que importa que tenham morrido mais de 140.000 pessoas, aliás um pouco esquisitas ? Não foi para defender esta América, que se quer impoluta? Por esta terra de Liberdade, tudo vale. Que importância tem que, três dias depois, noutra cidade desse país, outra bomba ( atómica, parece-me ) fosse lançada e mais dezenas de milhares de pessoas tenham morrido ? Que importância tem que, neste momento, noutros paises esquisitos (Iraque, Irão ? ) que tivemos que ocupar, muitos milhares tenham morrido e outros milhares tenham que morrer ?

Aqui, no meu canto, nesta cidade pequena de um estado rural, eu durmo descansado, sabendo que os todo-poderosos governantes do meu país, zelam por mim. Com as armas mais poderosas, a hipocrisia total, o desprezo absoluto. Mas isso a mim que me importa ? "

4 Comentários:

Às segunda-feira, 06 agosto, 2007 , Blogger Leticia Gabian disse...

Acabei de comentar um outro post, em outro blog, sobre esse mesmo e inesquecível assunto.
Os EUA, continuam a comenter atrocidades, verdadeiras barbaridades, mundo afora.
Até quando isso?
E quando sofrem represálias, posam de bom e inocente moço.
É uma nação composta por um imenso exército de Bush(es).
Até quando?

 
Às segunda-feira, 06 agosto, 2007 , Blogger Maria disse...

Finalmente vim aqui parar. Depois de ler o teu comentário no Som & Tom, alertanto-me para este post.
Se vivessemos num Mundo decente, este texto bem podia ser colocado nos grandes placards de publicidade, para que este dia NUNCA se esqueça...

 
Às segunda-feira, 06 agosto, 2007 , Blogger pedro macieira disse...

A bomba denominada “Little Boy” causou a morte de mais de 256,300 pessoas - a maioria (cerca de 90%)civis.Aquele 6 de Agosto de 1945 um dia que envergonha a humanidade.
E a experiência repete-se já no sécXXI, de novo pelos guardiões do mundo, agora no Iraque,no Líbano na Palestina...com Guatanamos e entrega de prisioneiros para serviços de tortura,a países amigos com a complacência geral dos outros,sempre em nome da defesa do "american way of life".

 
Às terça-feira, 07 agosto, 2007 , Blogger bettips disse...

Arrepio
Arrepios nossos. Como dizê-los por toda a humanidade? Este texto é tão profundo e no entanto, palavras, enquanto actos todos os dias... Pergunto-me sempre "quantos" de lá pensarão assim? E não são suficientes?
Um abraço.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial