quinta-feira, setembro 23, 2010

Cem Palavras


(Cem Palavras)

Há cerca de dez anos e até um pouco antes, o jornal DN, publicado de manhã, tinha um passatempo denominado Cem Palavras. Dado o tema, teríamos que escrever o texto em exactamente cem palavras.
Tenho pena que nunca mais o repetissem. Hoje, quase no fim do prazo para compor doze palavras, quero afastar o receio de perder o norte e nada escrever. (Voltei aqui pois a palavra é morte e não norte...)
Não, não é brincadeira de criança (se é, trata-se da meninice de um velho). O sono é bom conselheiro e ditou-me que, face à obstrução de ideias, só havia uma coisa a fazer: não desistir. Feita a tapeçaria de letras, que numa silhueta singela, se vão acomodando, resta-me dizer-vos que as palavras em falta, e são três, dão pelo nome de exponente, orvalho e vulnerabilidade. Batota na redação (ou redacção?) ? Acreditem que não.


Zé-Viajante - do livro colectivo 22 Olhares sobre 12 Palavras

2 Comentários:

Às sábado, 02 outubro, 2010 , Anonymous Anónimo disse...

Então e os comentários que estavam aqui?

Agora manipula-se a reacção dos leitores?

Lamentável, sem dúvida.

AA

 
Às sábado, 02 outubro, 2010 , Blogger viajante disse...

Sempre aceitei todas as criticas, algumas desfavoráveis.
Idiotices de Anónimos AA, não.

Terei que activar a moderação de comentários, o que me desagrada.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial