quarta-feira, julho 08, 2009

Poemas

TUDO OU NADA
O amor só pode ser ou tudo ou nada.
Viver de tibiezas é uma ofensa
A Deus, ao Universo, à sorte imensa
De sermos caminhantes nesta estrada.
...
Sem ele inteiro a vida é desgraçada,
Eterna prisioneira, dor intensa.
Minando até que a morte chegue e vença
E liberte a nossa alma condenada!
...
Ele é o grande milagre que nos bate
Um dia sem convite à nossa porta,
Entrando em cada vida pouco a pouco...
...
Que importa que o soframos, que nos mate,
Se a vida sem amor é mais que morta?
Viver de frouxidão?...Antes ser louco!
----
Ilídia Vale - " O rosto das Palavras "

Etiquetas:

2 Comentários:

Às quarta-feira, 08 julho, 2009 , Blogger Paula Raposo disse...

Concordo. Beijos.

 
Às sexta-feira, 10 julho, 2009 , Blogger Dulce disse...

Bem escolhido Zé.
Beijossss

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial