sábado, outubro 21, 2006

Educação




Não tarda muito que os pais ingleses comecem a fazer esta pergunta aos filhos. História, Geografia, Ciências da Natureza, Matemática, Físico-Químicas - está tudo muito bem, mas é curto. Falta o essencial, pensa a direcção de um colégio inglês. Daí que, a partir do próximo ano lectivo, a disciplina de Felicidade passe a fazer parte do elenco de matérias do Wellington College, no Berkshire.
«Temo-nos centrado demasiado no aspecto académico e esquecido uma coisa muito mais importante» diz o seu director, Anthony Seldon. E passa a explicar:
«No meu entender, o principal objectivo de qualquer escola deve ser a formação de jovens de molde a que estes se sintam felizes e seguros.»
A iniciativa pioneira foi anunciada na semana passada e teve eco em todos os jornais britânicos. Por cá também, como se vê- e não tarda decerto que o exemplo frutifique. Resta saber o que se entende por felicidade. Para o referido colégio, parece ter que ver com aquilo que os franceses designam tradicionalmente por savoir vivre - saber viver. E está bem.

(Revista Visão. Ano de 2006. Foto da revista)


E que tal pensar nisto, Dra. Maria de Lurdes Rodrigues?

6 Comentários:

Às sábado, 21 outubro, 2006 , Blogger pitanga disse...

Era bom que editassem livros com títulos "Aprenda a ser feliz" ou "Felicidade ao seu alcance", mas é complicado porque o que é para uns não se aplica a todos.
abraços

 
Às sábado, 21 outubro, 2006 , Blogger viajante disse...

Pitanga: " Foi boa a Festa, pá ? "

 
Às sábado, 21 outubro, 2006 , Blogger pitanga disse...

"Foi bonita a festa, pá
Fiquei contente"
Chico Buarque.

Só faltou você.

...e o barco vai.

 
Às sábado, 21 outubro, 2006 , Blogger pitanga disse...

Viajante, perdoe mas só agora, com calma, vi respostas em textos abaixo. Vá lá.

abraços

 
Às sábado, 21 outubro, 2006 , Blogger Leticia Gabian disse...

Crianças felizes precisam saber os pais (ou responsáveis) felizes, com empregos, com comida farta, com direito à saúde e educação. Crianças felizes são bem felizes em lares felizes. O contexto é super importante. Não acha, Zé?

 
Às sábado, 21 outubro, 2006 , Blogger dulce disse...

Eu cá acho q a senhora vai dizer : "Bolas, como não pensei ei nisto!!!????" e deita mãos à obra!
Já estou a ver as novas manifestações de estudantes a formar-se ao longe!
Beijosss

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial